Reconheça os fatores de risco para a trombose

13 de outubro é o Dia Mundial da Trombose, data que busca conscientizar a população sobre os fatores de risco e a gravidade da doença, que se caracteriza pela formação de trombos – coágulos sanguíneos –, e pode resultar em obstrução e inflamações na parede dos vasos responsáveis pela passagem do sangue, podendo causar sérias complicações como AVC e embolia pulmonar e até levar à morte.

Atualmente, a trombose é responsável por uma a cada quatro mortes no mundo¹,².

No Brasil, a estimativa do Ministério da Saúde é que um ou dois habitantes a cada mil sofram de trombose venosa profunda e embolia pulmonar. Apenas no primeiro semestre de 2016, a trombose atingiu 65 mil brasileiros³.

Dra. Suely Resende, hematologista, professora do departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e membro do conselho diretor da International Society on Thrombosis and Haemostasis (ISTH), explica que há uma série de fatores que podem desencadear a trombose, dentre eles a idade avançada, sedentarismo, pacientes com insuficiência cardíaca, obesidade e imobilização.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2015/03/quando-pilula-anticoncepcional-e-pior.html

 

No caso das mulheres, a probabilidade de desenvolver uma trombose é ainda maior, visto que estão expostas a fatores que aumentam o risco de desenvolver coágulos: uso da pílula anticoncepcional, gestação e tratamento de reposição hormonal.

De acordo com a Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), as mulheres que fazem uso de anticoncepcionais apresentam maior risco de ter trombose venosa.

O risco é de duas a sete vezes maior entre mulheres da mesma idade que usam pílula, em relação àquelas que não fazem uso do medicamento.

Quando gestantes, a chance de a mulher desenvolver a doença aumenta em 10 vezes em relação àquelas não gestantes.

No período de pós-parto, durante aproximadamente 40 dias, esse risco chega a ser 15 vezes maior.

As principais apresentações da trombose venosa são a trombose venosa profunda de membros inferiores e a embolia pulmonar, que ocorre quando o coágulo se aloja nos pulmões. O AVC – Acidente Vascular Cerebral ou TVC – trombose venosa cerebral, podem também ocorrer quando o trombo se aloja em vasos do cérebro – podendo ser fatal.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2017/08/trombofilia-em-gestantes.html

A trombose venosa pode se apresentar com poucos sintomas e, por isso, é muitas vezes subdiagnosticada. É fundamental que o médico seja capacitado para reconhecê-la e, mediante suspeita diagnóstica, confirmá-la e tratá-la com urgência.

Confira abaixo uma lista de fatores de risco conhecidos para a trombose:

  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Repouso prolongado, depois de um procedimento cirúrgico, por exemplo, que exige longas horas de recuperação em repouso;
  • Traumas;
  • Neoplasias: tumores cancerígenos geram infecções e um estado pré-coagulante maior no organismo;
  • Jovens que tiveram abortos espontâneos: pode indicar uma trombofilia;
  • Anticoncepcionais orais, especialmente associados a tabagismo.
  • Genética: existe ainda o fator da hereditariedade. Procure um médico se tiver casos na família de trombose, edemas ou varizes.
Referências
1 Journal of Thrombosis and Haemostasis, “Thrombosis: A Major Contributor to the Global Disease Burden.”
http://www.worldthrombosisday.org/issue/global-burden-vte/
2 World Health Organization (WHO), “65th World Health Assembly Closes with New Global Health Measures,” (2012). http://www.who.int/mediacentre/news/releases/2012/wha65_closes_20120526/en/
3 Ministério da Saúde. http://www.brasil.gov.br/saude/2016/09/saiba-como-evitar-a-trombose.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s