Você sabe por que temos que levar sempre as crianças nas campanhas de vacinação? #zegotinha

“Um cientista americano chamado Jonas Salk desenvolveu a vacina de vírus morto em 1952 e em 1961 o cientista Albert Sabin desenvolveu a vacina de vírus vivo que daria uma imunidade mais prolongada, portanto as duas vacinas são cada uma a sua maneira muito eficaz. Introduzida em 1962, a vacina Sabin mostrou-se mais eficaz nas campanhas de vacinação em massa pela comodidade da via oral e pelo fato de o vírus atenuado nela contido ser excretado nas fezes, podendo conferir imunidade aos não-vacinados que entrem em contato com ele nas regiões de saneamento precário.”
Drauzio Varella

Lembro de uma grande preocupação com meu filho mais novo: uma febre muito alta, que não cedia (aliviava com medicamentos, banhos e compressas), mas não nos deixava em paz por dias. Compartilhei a angústia com amigos virtuais, mães e pais que ficaram “conversando” comigo por Twitter na madrugada em que ele estava no P.S. infantil e no meio de muitas perguntas surgiu a dúvida se não era sarampo. Eu tinha certeza de que não porque, felizmente, ele foi vacinado. E aí está uma segurança que faz o coração acalmar!

🙂

Mas tem gente que tem evitado vacinar os filhos! E essa escolha coloca os filhos dos outros em risco também!

“Graças às vacinas Sabin e Salk, o mundo está quase livre da pólio – o último caso registrado no Brasil foi em 1990. Em 1994, o Brasil recebeu o certificado internacional de erradicação da transmissão autóctone do poliovírus selvagem. A partir de então, o país assumiu o compromisso de manter altas coberturas vacinais maiores ou iguais a 90%. Em 2001, esta meta foi alterada para 95% da população alvo (dos menores de 5 anos de idade).”
Leia mais… Seu filho quer duas gotinhas da sua atenção | @avidaquer

polio

Tenho uma história com as campanhas de vacinação. Logo que mudamos para São Paulo – e os meninos tinham 2 e 4 anos – perdi duas vezes a data e fiquei perdida se deveria ou não vacinar depois. Uma das minhas dúvidas era se precisava “estressar” uma vez que a doença estava erradicada no Brasil. Na segunda vez fui à UBS e, além de vacinar depois do dia D, tirei minhas dúvidas.

Você sabe por que temos que vacinar de novo as crianças? As campanhas de vacinação tem a missão de imunizar as crianças e de espalhar o vírus atenuado contido na vacina (que, perdoem o jeito de contar, será espalhado no meio ambiente pelas fezes e urina), podendo conferir imunidade até mesmo aos não vacinados em regiões de saneamento básico precário. E por que vacinar tanto? Caso haja um grande contingente populacional sem a adequada vacinação, há o risco de reintrodução do vírus no país, visto que é grande o fluxo de viajantes entre o Brasil e os países que ainda apresentam circulação autóctone do vírus.

Mapa da polio no mundo - dados de 2009

Apesar de não haver registro de casos de pólio no país, os profissionais de saúde estão em alerta sobre a necessidade de notificação e investigação de todo caso suspeito de pessoas procedentes de países com circulação da doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre os anos de 2011 e 2012, 16 países registraram casos da doença. A maioria é decorrente de importações do poliovírus selvagem de países endêmicos (Afeganistão, Nigéria e Paquistão) ou de países que restabeleceram a transmissão (Angola, Chade, República do Congo).

Leia também… Seu filho quer duas gotinhas da sua atenção e Garanta o futuro saudável de muitos super-heróis!

 

No Brasil são mais de 14 milhões de pequenos cidadãos com menos de 5 anos e aposto que você tem algum para relembrar sobre a importância de manter a carteirinha em dia! Avise aos amigos com suas fotos, tuites ou posts no Facebook e Google+. Saiba mais no @PNI_ms e na Fanpage do Programa Nacional de Imunizações.

Certidão de nascimento ou RG, comprovante de residência, fotos 3X4 são os documentos que acostumamos a carregar quando vamos inscrever as crianças em alguma atividade coletiva, não é mesmo? Tem outro documento que não pode faltar: a caderneta de vacinação. Saiba porque no post A caderneta de vacinação tem que estar em dia!

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s