Dica de livro: Maria Mudança

Ela trouxe muita mudança pra nossa vida, mas uma coisa, felizmente, continua igual: amamos ler. A chegada da caçula não mudou nossa rotina de leitores vorazes, só reviveu obras queridas e acrescentou novas aventuras, como essa que ganhamos hoje.

Ela AMOU que a protagonista (uma menina maluquinha que gosta de mudar as coisas para melhorar o mundo ao seu redor) tem seu sobrenome (Silva) e o escritor é seu xará (Manuel).

E eu gostei de ver que #aos4 já consegue acompanhar longas histórias (são 52 paginas!) sem cansar nem perder o interesse!

Que coisa linda!

//www.instagram.com/embed.js

Ok, Sam, entendemos que vocês amaram, mas o livro vale a pena ou não?

Ora, claro que vale!

Penso que Maria Mudança é um apoio ótimo para tratar de alguns temas comuns da segunda infância:

  • Medo de mudança e mudanças à vista
  • Ter empatia com quem é diferente
  • Encontrar-se na comunidade onde vive, a vizinhança
  • Saber reagir com otimismo diante das críticas ao seu jeito de ser

O nome do livro faz muitos pensarem que Maria precisa vencer o medo das novidades na sua vida. Mas não. Ela tem em si um olhar, um talento para encontrar um jeito novo para as coisas e está sempre propondo pequenas mudanças. E, deste comportamento “incomum”, surge um apelido que poderia perturba-la, mas não o faz porque ela tem segurança emocional pra seguir em frente sendo como é.

O receio de mudar as coisas na vida pode tirar muita gente da zona de conforto. Desde uma peça da roupa a uma mudança de cidade ou de País, forçada ou não, a mudança sempre é motivo de questionamentos e receios.

Maria nos mostra um outro lado: que as mudanças podem ser positivas e melhorar a vida de qualquer pessoa.

E a hist ória, embora infantojuvenil, agrada pessoas de todas as idades pois é fácil nos identificarmos.

Tudo começou a mudar na vida de Maria quando um dia, ao fazer a lição de casa, a eletricidade acabou e ela teve de trocar de posição para que o raio de sol, que entrava pela fresta, pudesse iluminar o caderno e ela terminasse a tarefa.

Desde então, Maria passou a mudar tudo e viu que uma mudança gerava outras, ganhando o apelido de Maria Mudança. Ela percebeu que sua vida ganhava sempre um novo significado trazendo mais alegrias e não pensava duas vezes para trocar vasos e móveis de lugar, mudar o caminho da escola, as roupas, tudo. Até com mudanças simples, um novo cenário surgia em seu dia a dia, e sua vida ficava mais interessante.

Um dia, Maria conhece o Sr. Anacleto, morador de uma casa cujo terreno era um amontoado de trastes. É aí quando Maria passa a querer mudar até as pessoas. 

O autor Manuel Filho observa que as mudanças de Maria têm seus cuidados.

“Maria não é agressiva ao falar de mudanças. Se eu falar ‘vamos mudar isso em você’ estou sendo agressivo e posso te ofender. Quando a mudança é imposta ela é violenta. A Maria não, ela muda com carinho, experimentando, sugerindo, expandindo o horizonte.

Acho que, de maneira geral a gente tem medo de mudanças, só que o ‘não-mudar’ faz a gente ficar parado. Mas as mudanças que produzi na minha vida, todas, sem exceção, foram muito positivas. E se essa mudança não estiver dando certo, mudo de novo, eu não tenho medo de mudança.”

 

Com a história de Maria, podemos desmitificar o receio que temos de mudar as coisas e dá a dica de que esse medo, muitas vezes inibe a criatividade, e pode ser superado desde criança.

 

Além das sugestões de mudanças, que fazem os leitores de todas as idades pensar sobre o assunto, o livro também atrai por sua concepção artística, tão interessante quanto a temática. Numa época digital, é possível mostrar que as artes gráficas ainda têm muito espaço. O autor do projeto gráfico, Celso Longo conta que o processo de produção é como um passeio por um círculo de cores que acompanham as mudanças de Maria. Enquanto a história avança entre os personagens, o passeio também avança na paleta, trocando de cores até o final. Assim, o projeto acompanha e marca a história de cada mudança da personagem, sempre acompanhada com as belíssimas ilustrações de Veridiana Scarpelli, que usou das cores e dos desenhos para explicar o andamento de algumas cenas do livro.

 

Serviço: 

  • Autor: Manuel Filho
  • Ilustração: Veridiana Scarpelli
  • Segmento: Infantil
  • Páginas: 52
  • Formato: 20,5×23,5 cm
  • Valor: R$ 41,20

 

Sobre o autor: Manuel Filho. Nasceu em São Bernardo do Campo, em 1968. Foi agraciado com o prêmio Jabuti 2008 e, possui mais de 40 livros publicados. Foi finalista, em 2013, do prêmio Açorianos de literatura. Recebeu, por cinco vezes, o selo de Acervo Básico da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ.  Tem livro lançado em braile pela Fundação Dorina Nowill, em 2012 e, integra o projeto Literatura Viva, do Sesi.

Sobre a ilustradora: Veridiana Scarpelli nasceu e mora em São Paulo. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, em 2007 deixou de lado o desenho de objetos e móveis para fazer ilustrações. Já ilustrou livros, revistas e jornais e é autora do livro O Sonho de Vitória.

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros.

Os títulos estão disponíveis para comercialização por meio da loja virtual da Editora do Brasil (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/) ou nas lojas físicas, em São Paulo (Rua Conselheiro Nébias, 887 – Campos Elíseos, São Paulo – SP), Rio de Janeiro (Rua do Bispo, 150 – Rio Comprido-RJ) e Natal (Rua dos Caicós, 1533 – Alecrim, Natal- RN).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s