1 em 8 crianças brinca menos de 30 minutos ao ar livre por dia!

Descobertas, diversão e saúde: tudo isso encontramos na natureza! Estimular a permanência das crianças em ambientes ao ar livre é bom para elas, física e psicologicamente, e para os espaços que, quanto mais ocupados, mais oferecem e tornam-se convidativos.

1 em 8 crianças brinca menos de 30 minutos ao ar livre por dia!

Vamos gastar nosso tempo nisso antes de comprar coisas?

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fsamegui%2Fposts%2F10156459305978086&width=500

Uma coisa que não abro mão aqui em casa é de passear com meus filhos ao ar livre. Moramos na maior cidade da América Latina, numa avenida grande, perto de estações de metrô e trem metropolitano, enfim, não é exatamente “na natureza” que fazemos passeios. O parque que fica na nossa avenida (graças a Deus tem parque, não estou reclamando!) é muito urbano, tem piso emborrachado e cimentado. Mas tem árvores, passarinhos e horta comunitária também.

 

Vale a pena sempre lembrar é que estimular o contato com esses ambientes ao ar livre promove muitos ganhos às crianças, desde físicos até psicológicos.

Outro dia vi uma lista que justificava este tempo com 5 motivos para brincar ao ar livre:

1. Contato consigo mesmas e com o essencial: uma criança que cresce brincando na natureza entende aquele ambiente como integrado ao seu. Assim, aprende a importância de cuidar desse espaço e preservá-lo. Além disso, permite se conectar com o silêncio e os sons da natureza e os desafios que ela propõe, estimulando coragem, autonomia e autoconfiança.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2016/01/mae-nao-tem-nada-para-eu-fazer.html

2. Socialização: estimular brincadeiras ao ar livre (se possível também fora do seu quintal ou condomínio) é fundamental para promover a socialização, pois permite conhecer e interagir com crianças de diferentes idades e de realidades distintas.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2018/01/pesquisa-little-big-kids.html

3. Imunidade: ao contrário do que se possa imaginar, o contato com ambientes ao ar livre ajudam sim na imunidade. O contato com os micro-organismos presentes nestes locais “ensina” ao sistema imunológico o que é bom e ruim e modula seu funcionamento, ajudando a criar anticorpos.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2015/08/imite-familia-pig-deixe-seus-pequenos.html

 

4. Noção de espaço: texturas diferentes como areia, grama, terra, poças d´água são fundamentais para apresentar aos pequenos os diferentes tipos de espaços naturais, Quando mais seu filho se movimentar nesses espaços, com muita liberdade no brincar, mais vão testar seus limites, distâncias e estimular ao cérebro a dominar o espaço ao redor e o equilíbrio.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2017/01/falta-seguranca-em-brinquedos-de-pracas-e-parques-publicos-no-rio-e-sp.html

 

5. Criatividade: os desafios promovidos pelas brincadeiras ao ar livre fazem com que os pequenos tenham que buscar soluções constantemente. Essas aventuras estimulam o processo criativo.

http://www.maecomfilhos.blog.br/2017/01/brincar-estimula-criatividade-e-o-pensamento-cognitivo-das-criancas.html

 

Precisa de mais?

https://platform.twitter.com/widgets.js

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s