Ticket to Ride – jogo de sorte e muuuuuuuita estratégia

Nossas férias foram repletas de jogos de tabuleiro. Uma tia querida passou quase 20 dias no Rio e ela e neta amam jogos também. O resultado foram muitas noites jogando os jogos mais diversos.

Filhão ganhou da tia-avó o jogo Ticket to Ride. Acredito que seja um dos jogos mais fáceis de aprender a jogar que já vi. O objetivo do jogo é simples, completar o maior número de rotas possíveis com seus trens.

O tabuleiro é um mapa dos Estados Unidos com cidades em destaque e rotas que as interligam. Cada jogador ganha 45 vagões de trens para utilizar. Além disto cada um começa com 4 cartas com vagões e 3 cartas com as rotas desafio (destas você pode escolher duas ou já ficar com 3 mesmo).

Parece fácil atingir os objetivos! Não é bem assim. Você precisa preencher um trecho completo da rota de uma vez. Algumas rotas são cinza, podendo utilizar qualquer carta vagão para preenche-la, outras tem uma cor determinada. Eu, por exemplo, precisei da última vez, ligar a cidade Helen à Los Angeles. Uma rota pequena, mas com trechos longos e com cores específicas e repetitivas. Se o trecho do mapa mostra 6 retângulos amarelos, você precisa de 6 cartas com vagôes amarelos para colocar seus trens naquela rota.

Outro desafio é que uma vez o trecho preenchido com vagões de um jogador, outro jogador não poderá utiliza-lo. Meu marido preencheu antes de mim um pequeno trecho que faltava para eu completar esta rota. Eu precisei reavaliar o caminho que faria. Como o jogo já estava perto do final, não completei a rota e perdi os pontos.

Ganha quem conseguir mais pontos. Os jogadores pontuam de 3 formas:
1. Cada vez que interliga duas cidades, você anda no tabuleiro dependendo do número de trens que colocou
2. Cada rota que você completa, no final soma aos pontos do tabuleiro. Ao completar suas rotas você pode escolher pegar mais rotas. Caso não complete a rota, perderá os pontos.
3. Caso no final você tenha a linha de trem mais longa você ganhará mais 10 pontos.

Na vez de cada jogador ele pode escolher entre 3 ações:

  1. Comprar cartas trem. 5 cartas ficam expostas. Entre as cartas abertas você pode comprar 2 cartas normais ou 1 carta coringa.  Também pode optar arriscar e comprar 2 cartas do deck fechado.
  2. Comprar 2 cartas de rota e optar em ficar com 1 ou com as 2.
  3. Baixar cartas trem para preencher trechos entre duas cidades.

Crianças bem novas conseguem jogar. Indicam para a partir de 8 anos, mas crianças que curtem jogos conseguem já aos 6.

O jogo não precisa ser sempre o mesmo, é possível comprar expansões com mais mapas e destinos. O design do mapa, as peças de trens e cartas são de excelente qualidade.

O jogo também tem app para IOS e Android. No app é possível jogar multiplayer passando o tablet de mão em mão, online ou contra o “computador”.

Para IOS – https://itunes.apple.com/br/app/ticket-to-ride/id432504470?mt=8
Para Android – https://play.google.com/store/apps/details?id=com.daysofwonder.tt.android&hl=pt_BR

O jogo físico a tia trouxe de fora, mas está disponível em diversas lojas geek e de jogos aqui no Brasil.

Aqui em casa já virou mania. Você conhece algum jogo de tabuleiro neste estilo? Indique nos comentários. Adoro conhecer jogos novos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s