Dá para ficar mais inteligente indo para a academia

No começo deste semestre letivo, eu e meu esposo fomos a uma academia da vizinhança para pesquisar planos para nossos filhos adolescentes fazerem atividades regulares depois das aulas. Foi bem curioso, pois o rapaz da recepção ficou tão surpreso porque eram pais procurando a academia para os filhos e não o contrário que quase fez uma festinha para nós (risos).

A verdade é que pouca gente relaciona uma vida saudável, um bom desempenho intelectual e atividade física regular.

Mas estudos comprovaram há muito tempo que a combinação da atividade física com a rotina diária potencializa a atividade cerebral.

Quem explica no vídeo é o professor Antonio Herbert Lancha Jr., da Escola de Educação Física e Esporte – USP e autror do livro O fim das dietas, direto de um congresso do Colégio Americano de Medicina do Esporte, nos EUA.

Conheci o professor num evento sobre hidratação na prática esportiva que tive a honra de apresentar e desde então o sigo, pois aprendo muito com ele.

http://www.avidaquer.com.br/hidratacao/

Ele explica que, com o passar do tempo, e após um esquecimento ou outro, muita gente começa a notar que a cabeça não anda mais a mesma. Pois saiba que a atividade física(principalmente a aeróbica) é uma excelente alida para evitar falhas na memória.

“Podemos dizer até que dá para ficar mais inteligente indo para a academia, já que o resultado do corpo em movimento é o aumento do foco e da concentração por mais horas”.

StockSnap / Pixabay

Como assim, Sam?

Segundo o educador físico Altino Andrade, “isso acontece devido a quantidade de substâncias – incluindo neurotransmissores como serotonina e hormônios – que afetam o bem estar emocional. Esta química (natural) na quantidade certa determina o nível de concentração, memória e até produtividade no dia a dia dos praticantes assiduos de atividade física”, diz.

Ele reforça:

“Qualquer tipo de exercício faz bem para o sistema nervoso, mas as atividades aeróbicas como correr, caminhar ou andar de bicicleta são mais eficientes no aumento do fluxo de sangue para o cérebro e na produção das substâncias químicas que regulam o sistema neurotransmissor. Os estímulos fazem com que os neurônios aumentam a capacidade de conexões e ainda que os outros novos nasçam – em especial, os neurônios que surgem especialmente no hipocampo: área responsável pela aprendizagem e memória”.

Mas, alto lá! Não precisar sair por aí virando ultramaratonista. Cerca de trinta minutos de caminhada feita três vezes por semana já provoca esse impacto positivo – e o melhor: logo no primeiro mês. “Atenção ainda para a principal diferença básica entre o remédio e o veneno: a dose. Os treinos devem ser orientados, assistidos e sem exageros”, finaliza o especialista.

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Favidaquer%2Fposts%2F1765055603531138&width=500

5 dicas simples para não sabotar nem os treinos e nem a saúde:

1-   Tempo

Não precisa dedicar mais do que 45 minutos do dia para treinar. Neste período, já é possível acelerar o metabolismo, ter perda calórica e manter os níveis de condicionamento estáveis. Com a vida corrida, se uma pessoa precisar dedicar mais do que isso na academia, pode acabar não cumprindo as metas diárias.

2-   Frequência

Três vezes na semana já surtem efeitos no corpo e na mente de quem pratica atividade física. Se imaginarmos que uma semana tem 168 horas, treinar 2 horas e 15 minutos por semana, ainda sobram mais 165 horas para fazer o que mais precisar e bem entender nos outros dias.

3-   Tipo

Não adianta, o treino precisa agradar. Escolher a atividade que mais combina com o estilo de vida é o que vai ajudar a incorporar na rotina. Assim, também é mais fácil sentir os hormônios o prazer que são liberados durante a atividade.

4-   Suba na balança

Não dá para encarar uma atividade física todos os dias se não estiver acompanhando o resultado. Uma boa avaliação física juntamente com um profissional da área de Educação Física é um fator muito importante para acompanhar os resultados, outro aspecto importante para acompanhar os resultados para quem não quer fazer uma avaliação, é através da percepção nas medidas das roupas, escolha uma roupa que você deseja usar novamente e que está apertada e coloque como objetivo, voltar a usá-la, além disso, os objetivos só serão alcançados se a motivação for diária, por isso não fuja dos treinos.

5-   Saúde além da estética

Com tanta informação disponível atualmente é quase inadmissível ignorar que a atividade física é o melhor remédio, sem contra indicações, que ainda previne doenças e melhora a qualidade de vida.

🙂

 

Se você se interessou pelo livro que citei no começo do post, é este:

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fjrlancha%2Fphotos%2Fa.657286454346070.1073741827.639320929475956%2F2067185890022779%2F%3Ftype%3D3&width=500

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s