10 indícios de que a criança precisa usar óculos

Alunos da rede estadual de ensino recebem acompanhamento para a prevenção e recuperação da saúde ocular, por meio do programa Visão do Futuro. Os professores são treinados para realizar testes de acuidade visual em sala de aula. Todos os alunos que apresentarem dificuldade de leitura, sintomas ou sinais de doenças oculares são encaminhados para consulta com especialistas nas unidades de saúde do Estado de São Paulo.

O Programa Visão do Futuro é uma parceria com a Secretaria Estadual da Educação, Secretaria Estadual da Saúde e Fundo de Solidariedade de São Paul, desenvolvido há 11 anos na capital, com participação de hospitais universitários como o HCFMUSP.

Nesse período, verificou-se que de 20% a 30% das crianças nessa faixa-etária apresentam alguma alteração visual. Desde 2009, o programa ultrapassou a marca de 1 milhão de estudantes avaliados, 66 mil pares de óculos entregues e mais de 143 mil estudantes encaminhados para consulta.

Confira 10 indícios de que a criança precisa usar óculos:

1 – Se seu filho reclama de dor de cabeça durante ou após esforço visual na escola, diante da TV ou durante a leitura, pode ser sinal de problemas visuais.

2 – Observe se a criança se aproxima demais da TV ou do livro. Criança que assiste televisão colada ao monitor pode estar tendo dificuldades para enxergar.

3 – Preste atenção se seu filho aperta ou arregala os olhos para ver melhor.

4 – Olhos lacrimejando ao assistir Tv ou ao usar o computador pode ser sinal de esforço visual. Fique atento!

5 – Caso a criança apresente olhos vermelhos após a leitura e caspa nos cílios, redobre a atenção!

6 – Caso seu filho apresente desinteresse pela leitura redobre a atenção. Nem sempre é falta de interesse pelo livro ou pelos estudos, pode ser também um problema ligado à saúde ocular da criança.

7 – Preste atenção nas mudanças bruscas de comportamento de seu filho. Se ele adorava ler e de repente não se interessa mais, isso pode ser um sinal de que ele não está enxergando bem.

8 – Observe se seu filho apresenta baixo rendimento escolar. Tanto os pais quanto os professores podem desviar o foco do problema e atribuir o mau desempenho a déficit de atenção.

9 – Preste atenção se seu filho evita brincadeiras ao ar livre. O hábito pode indicar que ele não se sente seguro em um campo amplo de visão ou então de que ele está sensível à luminosidade.

10 – Se houver precedente familiar redobre a atenção para possíveis sinais de problemas de visão. Crianças com histórico na família devem consultar um oftalmologista ao menos uma vez ao ano, ou de acordo com as indicações do médico.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s