Uma vida caótica reflete o caos da alma

Nas piores fases da minha vida (emocional, psicológica, mental) dava para saber, nas pequenas ou grandes bagunças da minha rotina, que eu estava no limite.

Da mesma forma, quando está tudo em ordem por fora, nota-se que meu coração vai bem!

💕

Daí essa imagem falar por si:

“O modo como você mantém sua casa, como organiza seu tempo, como cuida da sua aparência, as coisas com as quais você gasta dinheiro – tudo isso reflete claramente no que acredita. A beleza de Deus brilha em uma vida em ordem. Uma vida caótica reflete o caos da alma.”

(Elizabeth Elliott)

Opa… não estou sugerindo que manter sua casa/vida em ordem seja mais um peso para você carregar na sua (bem provável) sobrecarga cotidiana, amiga!

Pelo contrário!

É para lembrar que até a desorganização e o “deixar para depois” tarefas que você sabe que são imprescindíveis pode ser sinal de que algo não vai bem – ou pior, que vai mal.

Para mim, foi valioso entender esses sinais. Depois foi útil admitir que a organização não deve ser feita de forma centralizadora e individualista e que seus resultados beneficiam todos na família, contribuem para a qualidade de vida de todos e por isso todos podem participar da organização das tarefas.

Tive uma sorte: a pediatra dos meus filhos mais velhos, Magali Losso, nos instruiu a confiar pequenas tarefas aos filhos desde muito pequenos. Ainda bebês, convidando-vos a guardar na caixa os brinquedos espalhados. E também desde essa fase evitamos espalhar tudo, oferecer com critério, segundo um tipo, padrão ou afinidade e também fazemos rodízio de brinquedos, deixando alguns em caixas no alto e alternando a oferta para despertar interesse.

Delegar tarefas para as crianças é dar censo de responsabilidade e uma oportunidade deles treinarem a iniciativa e descobrirem aptidões. 

Nas tarefas domésticas eles também sempre ajudaram. Quem meus rapazes cozinhando, lavando louça e ajudando nas compras não sabe que desde que começaram a andar eles têm responsabilidades de ajudar a arrumar a mesa (começaram colocando guardanapos nos lugares, evoluindo conforme cresciam), guardar as compras na volta do mercado (sim, houve muita bagunça, até sacos estourados e vidros que escaparam, mas valeu o treinamento.

Aliás…

Manter a despensa e a geladeira abastecidos evita contratempos no dia a dia. Assim como evitar acumular – roupas para lavar ou guardar, armários para arrumar, tudo que exigirá horas de esforço! Opto por gastar uns minutos a mais toda noite do que perder horas num sábado se sol!

Por falar em arrumação e todo dia.

Aqui também as crianças arrumavam as próprias camas (por anos eu arrumava novamente depois, mas nunca deixava de pedir para fazerem e como usaram cama baixa, fizeram desde cedo). E eu reitero uma fórmula que sempre me ajudou, desde a infância: antes de dormir, vejo o clima e a agenda do dia seguinte, deixando mochila/bolsa e a roupa meio planejada. Faz maravilhas para adolescentes “sonados” congestionando o corredor às 6h da manhã!

São tantas outras atividades comuns com aprendizados significativos!

Nossa caçula, por exemplo, é a responsável por colocar as almofadas arrumados no sofá. E todas as noites, depois do jantar, quando vamos nos organizar para nos recolher (tomar banho, ler a Bíblia juntos e orar antes de dormir) ela passa os olhos na sala, ajudando a mamãe com o último olhar feminino.

Quando acordamos cedinho, apressados e atarefados (pois todos estudam de manhã), passamos pela sala a caminho da cozinha e temos prazer em olhar para nosso lar.

Enfim, dividir com a família parte destes cuidados não só me ajudou, mas sobretudo reforçou o senso de pertencimento de cada um.

Maravilha, não é?

E , você tem dicas nesta área? Conta para mim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s