Mudanças no YouTube podem dar fim ao conteúdo infantil de qualidade

Aqui no Brasil pouco se fala com profundidade das mudanças que o YouTube vem implementando para “proteger” as crianças.

Em casa vivemos os dois lados da moeda: ter filho que gosta de assistir YouTube e todas as questões que o uso trazem e por outro lado, somos produtores de conteúdo infantil para YouTube. Como preciso explicar um pouco da história vou adiantar algumas consequências que podem ocorrer para motivar a leitura deste post.

CONSEQUÊNCIAS  DAS MUDANÇAS NO YOUTUBE
(a partir de janeiro 2020)

  • Fim dos canais menores com conteúdo infantil adequado ou educativo. Inúmeros produtores já anunciaram a retirada dos canais infantis, outros que não produzirão novo conteúdo.
  • Provável fim de canais de aprendizado como canais craft, de desenho, música de professores por conterem conteúdo “atraente” para crianças.
  • Canais infantis maiores que permanecerem utilizarão de maior propaganda dentro do conteúdo do canal (merchandising) para compensarem a perda financeira dos anúncios .
  • A nova lei motiva gerar conteúdo violento, maduro e inadequado para crianças para não correr o risco de multas.

POR QUE TUDO ISTO? Vou explicar como tudo começou!

1998 – Criação do COPPA
COPPA é uma lei que foi criada em 1998, nos Estados Unidos, para procurar grantir a privacidade de crianças menores de 13 anos online. COPPA – Children’s Online Privacy Protection Act.
No início o COPPA garantia proteção de dados como nome, residência, etc. Muito válido!

2013 – Mudança do COPPA
Em 2013 ocorreram mudanças na lei que extenderam o que consideram dados da criança que não podem ser armazenados de forma alguma.

No texto a lei diz “passively track a child online.” Isto significa “acompanhar” a navegação da criança online, mesmo sem ter seu nome, idade, residência etc. Pode ser somente por IP (número criado para identificar um determinado computador – não o usuário) e cookies.

2019 – Em setembro YouTube pagou multa de R$170Milhões de dólares
A multa foi anunciada em jornais como “Google é multado em US$ 170 milhões por coleta de dados de crianças no YouTube”, mas a história não é bem assim.

O YouTube oferece aos anunciantes a possibilidade de definir em qual tipo de conteúdo e perfil desejam que seus anúncios apareçam.Importante dizer que anunciantes podiam direcionar anúncios por interesse dos vídeos assistidos. Isto ia contra o COPPA.

O problema ia além de publicidade infantil, pois muitas famílias não criam contas no YouTube Kids e compartilham o mesmo perfil com as crianças, gerando anúncios muitas vezes direcionados para os pais.

O YouTube deixa claro nas regras que é uma plataforma para acima de 13 anos e que o YouTube Kids oferece anúncios para tornar o conteúdo gratuito, tendo cuidado de indicar sempre ser um anúncio que seja adequado para crianças. Ou seja, quando nós pais permitimos o uso, estamos de acordo com esta regra.

2020 – NOVAS REGRAS PARA PRODUTORES DE CONTEÚDO

  • O YouTube irá retirar de todos os canais infantis a publicidade direcionada (que avalia o perfil do usuário. A estimativa é que canais infantis terão uma queda de 60 a 90% dos ganhos.Precisamos entender que nada é realmente grátis. Aqui em casa, por exemplo, meu marido dedica 3 dias da sua semana de trabalho para planejar, gravar, editar vídeos, divulgar e criar imagens. O sistema força cada vez mais ao conteúdo constante para que os vídeos apareçam nas sugestões.  É preciso dedicação e tempo, mas para pagar as contas é preciso também algum retorno financeiro.
  •  Canais “infantis” não terão mais notificações de novos vídeos.
    Mesmo que você aprove que seu filho veja um determinado canal e o inscreva para seguir, dificilmente ele saberá quando for lançado um novo vídeo.
  • Canais “infantis” não terão mais sugestões de novos vídeos ao encerrar o vídeo que era assistido.
  • Canais “infantis” não terão mais comentários, comunidade ou doações. O problema é que os dois primeiros ajudam a determinar a relevância de um vídeo e fazer com que ele apareça para os usuários. Eu concordo com a retirada dos comentários apesar de prejudicar estes canais.
  • YouTube determinará uma conta como “menor de 13 anos” qualquer usuário que assista vídeos considerados infantis e as mesmas regras serão aplicadas. O problema é o que será considerado infantil?!
  • Produtores de conteúdo deverão definir e marcar se cada um de seus vídeos é direcionado ou pode atrair interesse de uma criança.
  •  Vídeos considerados infantis ou de interesse infantil não poderão ser compartilhados, salvos para assistir depois e/ou adicionados a uma playlist.

FTC IRÁ MULTAR em $42.530 CADA VÍDEO CONSIDERADO INFANTIL OU QUE INTERESSE CRIANÇAS SEM O TAG

Os produtores de conteúdo precisarão definir se seus vídeos são considerados infantis ou que possam interessar crianças, o problema é que está bem vago o que é infantil ou não.

SERÁ CONSIDERADO VÍDEO PARA CRIANÇAS QUANDO O TEMA/VÍDEO:

  • tem como objetivo ser para crianças
    (canais educativos, de professores, etc estão inclusos)
  • inclui atores ou modelos infantis
    (lembra do professor que divulgava casos de crianças especiais e se dedica inteiramente ao YouTube? Sua ong hoje em dia é financiada pelo canal) Quem quiser lembrar fica aqui o link do canal https://www.youtube.com/channel/UC4E98HDsPXrf5kTKIgrSmtQ
  • inclui personagens, celebridades e brinquedos de interesse das crianças
    (Serão atingidos canais sobre cinema, canais craft pelo material usado, canais que ensinem a desenhar…)
  • use linguagem feita para criança entender
    (o que não entra? Talvez somente linguagem técnica escape)
  • atividades que possam ser atraentes para crianças
    (vago, entraria um canal culinário? Canais de jogos de tabuleiro, mesmo que para idades mais avançadas entrarão nesta classificação. Canais geeks…)
  • inclua músicas, histórias e poemas que atraiam crianças
    (Mundo Bita, Palavra Cantada, canais sobre literatura infantil…)

Para piorar, o próprio YouTube não sabe definir o que será considerado pelo FTC como infantil. As leis serão aplicadas mundialmente e recomendam buscar advogados! Sinceramente, nunca tivemos um retorno que possibilitasse pagar uma consultoria de um advogado, ainda mais americano. E a multa por vídeo assusta demais!

POR QUE PODE PREJUDICAR AINDA MAIS AS NOSSAS CRIANÇAS?

Lembram de canais onde adultos se fantasiavam de Homem-aranha e Elza, mas tinham atitudes completamente inapropriadas para crianças? Canais assim serão classificados automaticamente como infantis por terem os personagens. Este tipo de conteúdo poderá chegar facilmente para nossas crianças.

Além disto, inúmeros canais incluirão linguajar impróprio e violência, mesmo quando não forem necessários, na tentativa de não ser classificado como infantil ou de interesse infantil.

Especialistas já falam da queda dos canais infantis de qualidade.

Ah! As crianças vão deixar de assistir vídeos? Não! Irão direcionar sua atenção para a tv (com anúncios), para o cinema (pago) e para redes sociais com ainda menor controle sobre o conteúdo que assistem.

O que mais me deixa triste é inviabilizar projetos de inclusão e educativos que existem online.

Existe outro caminho?

O que poderia ser feito para evitar isto?

Pais que se preocupam mais com privacidade de dados podem usar o YouTube Kids. É simples e rápido como criar uma conta em qualquer outra rede.

Para não ver nenhum anúncio é possível optar YouTube Premium. Canais ganham um % menor do que os anúncios, mas recebem algo. Você não vê propagandas, mas não deixa de apoiar quem gera conteúdo gratuito. Além disto economiza podendo baixar vídeos par assistir depois (baixa quando está no wifi para ver quando estiver na rua – como Spotify), existe pacote família, etc.

Se você não concorda com as regras ou tipos de anúncios e conteúdos online, não permita que seu filho utilize sozinho a internet.

O QUE VOCÊ PODE FAZER?

É possível assinar uma petição online
https://www.change.org/p/youtubers-and-viewers-unite-against-ftc-regulation?recruiter=1015502725&utm_source=share_petition&utm_medium=copylink&utm_campaign=share_petition

Se você concorda ou não comigo e escreve em inglês, é possível enviar sua opinião para o FTC – Federal Trade Comission
https://www.regulations.gov/comment?D=FTC-2019-0054-0001

Fontes

Site do FTC https://www.ftc.gov/tips-advice/business-center/guidance/childrens-online-privacy-protection-rule-six-step-compliance

COPPA http://www.coppa.org/comply.htm

YouTube KDS https://support.google.com/youtubekids/answer/6130541?hl=en

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s