Um guia do Culto Doméstico

O mundo reage à pandemia do corona vírus e uma das primeiras atividades canceladas foi a reunião nas igrejas. Não somos só nós, evangélicos, os afetados. O próprio Vaticano já anunciou que as celebrações da Páscoa em Roma não terão público externo.

Nossa igreja, a Primeira Igreja Batista do Brás, decidiu realizar os cultos online, o que foi uma decisão acertada (para proteger as famílias) e nos aproximou em conversas online neste domingo.

Numa das conversas de whatsapp, falei sobre o culto doméstico. Fazemos em casa e hoje não foi diferente. Até foi: nossa caçula tinha trazido um livro da biblioteca da igreja e o usamos como ponto de partida para nosso culto infantil.

Parte interna do livro A Bíblia para minecrafters

Você já fez? Não? Tem vontade? Deixo aqui um pequeno guia para quem quiser fazer 😉

Comece com essa ideia: seja próximo. Esse culto deve ser leve, objetivo e focado na comunhão entre a família (uns com os outros) e Deus. O pai, como sacerdote do lar, pode dirigir o culto, mas deixe todos participarem de alguma forma.

Sugerimos três elementos básicos:

📖 Leitura da Bíblia. Um pequeno trecho (como uma das parábolas dos Evangelhos) ou um verso bíblico (como um dos Provérbios de Salomão) seguidos de uma breve mensagem sobre ele. Aplicativos como @youversion e @jesusparacriancas trazem devocionais ótimos para começar.📱

🎼 Louvor. Se você toca algum instrumento, escolha uma ou duas canções. Se não toca nenhum instrumento, coloque um louvor no celular mesmo ou deixe ajustado no youtube algum louvor que vocês possam colocar e cantar juntos. 🎤

🙏🏼 Oração. Prepare um momento de oração uns pelos outros e também por pedidos mais gerais para que se ore também por causas fora do lar. É importante criar no coração de todos essa visão mais ampla do mundo, das pessoas e da obra de Deus. Descobrimos pérolas do coração dos filhos neste momento! 💕

Assim, a programação do seu culto doméstico pode ficar mais ou menos assim:

– Oração inicial (1 minuto)

– Louvor (3 a 6 minutos)

– Mensagem bíblica (10 a 15 minutos)

– Oração em conjunto (5 a 10 minutos)

▶️ Um ponto importante:

Dê espaço para os filhos e controle-se para não alongar muito o culto doméstico.

A participação dos filhos é muito importante. Incentive que falem, que compartilhem, que façam pedidos de oração, que orem e que comentem seus entendimentos dos ensinos bíblicos compartilhados. Dê essa liberdade a eles. Isso vai fazer com que se sintam importantes e valorizados.

Cada minuto que você investe na família é um tempo que trará muitos frutos! Por isso, nunca desista!

P.S. Agradecimentos a André Sanchez, do Esboçando Ideias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s