98% dos adultos de SP estão vacinados

O dia que parecia tão distante chegou: hoje nossos filhos universitários receberam a primeira “picadinha” e segunda dose deve ocorrer em até 28 dias. O mais velho continua em EAD e trabalho remoto, mas o do meio já está indo as aulas em calendário híbrido (aliás, como a caçula) e pegando transporte público, o que nos estressa um pouco!

Assim, o governo estadual celebra que vacinou 98% dos adultos (pelo menos com a primeira dose) e isso me fez pensar nas confusões que ocorrem em outros países que chegaram a esta meta antes.

Nos EUA, que conta com 51,3% da população totalmente vacinada (nós já passamos deles nos adultos vacinados com ao menos uma dose, mas não nas duas doses), há um pico de casos em crianças (2,4% dos internamentos lá), com destaque Texas, Flórida, Califórnia, Ohio e Geórgia. Eles têm um problema que não temos nem de longe: grupos que resistem em tomar imunizantes, os famosos antivacinas, que aliás já existiam e causavam furor antes da pandemia.

Aqui temos uma bênção que entendo como presente de Deus para esta pátria: PNI. O Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde é antigo e nos dá a consciência que falta aos outros países de que “cuidamos uns dos outros” ao evitar doenças para as quais têm prevenção.

Que saibamos também manter os cuidados depois, pois a vacina ajuda a “não piorar” caso seja exposto ao vírus, mas não nos deixa livre de ter contato com ele, tampouco de transmitir. Então, de volta as atividades comuns precisamos usar máscaras, álcool e manter o distanciamento. Não tem jeito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s