Pinças que não pinçam… se desfaça delas!

Estamos em meio a triagens para mudança aqui e eu (@maecomfilhos) lembrei da reflexão #oldbutgold da @mamaecrenteoficial:

Aqui em casa, eu tinha 2 pinças. Uma excelente e uma bem cega. Elas eram iguais e ficavam no mesmo lugar.

Toda vez que eu precisava usar a pinça, abria a gaveta e incrivelmente, pegava a pinça cega. Depois de fazer algumas tentativas, eu me dava conta que estava com a pinça errada. Ao invés de eu me desfazer da pinça, eu a devolvia para a gaveta e pegava a outra.

E o processo era sempre o mesmo, toda vez que eu precisava, eu fazia uma escolha errada. Da última vez que aconteceu, eu fiquei bem irritada por ter errado de pinça. Nessa hora, pude ser ministrada pelo meu pai, com a pergunta:

“Por que você não se desfaz dessa pinça?Você só erra na escolha, porque insiste em deixá-la ali.”

Passei a mão na pinça e joguei no lixo. Pensei: Pronto. Agora eu não erro mais!! Mas, aí o Espírito Santo continuou…

Não vai mais errar com essa pinça. Mas, e as outras? Pensei comigo: Que outras? Não tenho mais pinças.

Ai então, pude entender que não se tratava mais de pinças, mas sim de escolhas.

Eu sempre tive em minha gaveta DUAS opções. Porém eu sempre soube que somente UMA me serviria, a outra só atrasava o processo.

Em nossos dias, temos que fazer escolhas em todo tempo e escolhas erradas geram resultados perigosos.

As minhas pinças eram iguais e ficavam no mesmo lugar, juntas! Eu gostava de ter duas.. já que “mal”, não fazia. Eu só me lembrava que uma não prestava, quando eu optava por ela.

Pode ser que exista também alguma pinça de estimação no seu coração.

Ela não serve pra nada, somente para te confundir e atrasar seu processo.

Decida abrir mão do que não serve.

Decida jogar fora.

Algumas pinças não valem a pena serem afiadas.

Algumas opções em nossa vida, parecem inofensivas e a gente acaba deixando dentro da gaveta junto com as coisas boas. Mas, depois que usamos, percebemos que escolhemos errado.

Chegou a hora de dar uma vasculhadinha na gaveta, separar o que realmente serve e nos desfazer daquilo que já perdeu o propósito!

É tempo de escolhas.

“Escolhe pois a vida.” (Dt 30:19)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s