Xicrinho e Caneco, os personagens do desenho demoníaco da Netflix

Nesta semana, minha rede de contatos compartilhou um vídeo do pastor Rinaldo Silva alertando os pais sobre um lançamento da Netflix, livre para todas as idades, que continha apologia ao satanismo.

É impossível não se impressionar com o trecho musical apresentado.

Oremos por nossos filhos e pelas crianças “abandonadas” na internet. Para que mais famílias acordem para os riscos!

A gente se distrai, mas o fato é que a tal série é baseada num jogo popular para vários consoles de videogame e PC.

(Print de tela do trecho da Wikipédia sobre Cuphead)

Cuphead é um jogo eletrônico de run and gun e plataforma criado pelos irmãos canadenses Chad e Jared Moldenhauer através da Studio MDHR. O jogo foi inspirado no estilo de animação Rubber hose usado em desenhos animados da Era de Ouro da animação americana, como o trabalho dos estúdios Fleischer Studios, Warner Bros. Cartoons e Walt Disney Animation Studios, procurando manter a obra em qualidades subversivas e surrealistas. O jogo foi lançado em 29 de setembro de 2017 para Xbox One e Microsoft Windows.

Cuphead apresenta dois jogadores que controlam o personagem-título e seu irmão Mugman, em uma aventura através da fictícia Inkwell Isle para derrotar uma série de chefes para pagar uma dívida adquirida com o diabo.

O jogo foi elogiado por seu estilo de arte, jogabilidade, trilha sonora e dificuldade. Foi um sucesso de crítica e comercial, ganhando vários prêmios e vendendo mais de seis milhões de cópias em três anos. Uma expansão intitulada The Delicious Last Course está prevista para lançamento em 30 de junho de 2022. Uma série animada baseada no jogo foi produzida pela Netflix e estreou em 18 de fevereiro de 2022.

No lugar fictício de “Ilha Tinteiro”, Xicrinho (Nome brasileiro de Cuphead) e seu irmão Caneco (Nome de Mugman na adaptação brasileira do jogo) são dois garotos amantes da diversão que vivem sob o olhar atento do Velha Chaleira. Contra os avisos do ancião, os irmãos entram no Cassino do Diabo e começam a jogar dados. Quando eles vão em uma série de vitórias, o próprio diabo se oferece para aumentar as apostas. Se Xicrinho e Caneco puderem ganhar mais uma rodada, eles receberão todo o dinheiro no cassino; se não, o diabo levará suas almas. Xicrinho perde no jogo de dados e ele e Caneco imploram por misericórdia. O Diabo faz um acordo com eles: coletar os “contratos de alma” que significam sua posse das almas de seus devedores fugitivos até a meia-noite do dia seguinte, assim ele deixará que Xicrinho e Caneco fiquem com suas almas. Eles visitam o Velha Chaleira, que lhes dá uma poção que lhes permite disparar rajadas de seus dedos para ajudar em sua busca, mas também os adverte que os devedores podem mudar para coisas diferentes na tentativa de detê-los.

Os irmãos viajam pelas Ilhas Tinteiro, lutando contra os moradores que perderam suas almas para o Diabo, a fim de obter seus contratos. Ao entrar na segunda ilha, o Velha Chaleira informa sobre “fazer a coisa certa” quando eles se deparam com o Diabo novamente. Uma vez que eles tenham os contratos, eles retornam para o cassino, mas seu gerente, Rei Dado, bloqueia seu caminho. Ele perdeu uma aposta com o Diabo, presumivelmente sobre se Xicrinho e Caneco seriam capazes de completar sua tarefa, e os forçaria a lutar contra seus próprios capangas antes de confrontá-los diretamente. Depois que os irmãos derrotam o Rei Dado, o Diabo exige que eles entreguem os contratos em troca de “se juntar a sua equipe”. O que acontece a seguir depende da escolha do jogador. Se o jogador decidir fazê-lo, o Diabo transforma Xicrinho e Caneco em seus lacaios demoníacos e o jogo termina. Se o jogador declinar, o Diabo fica furioso com a recusa dos irmãos em honrar o acordo e os enfrenta ele mesmo. Xicrinho e Caneco triunfam sobre ele, e queimam os contratos de alma, liberando e devolvendo a alma de todos os devedores, que por sua vez honram os irmãos pela bravura e nobreza de seus atos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s